segunda-feira, 20 de julho de 2015

EM AGOSTO TEM MUSICAL INFANTIL NA ILHA


O Teatro Pedro Ivo, na SC 401, vai ser o palco do espetáculo “Peter Pan – O Musical” que estreia no dia 23 de agosto. A superprodução do Rio de Janeiro já foi vista por mais de 100 mil pessoas e agora chega a Floripa para encantar as crianças de todas as idades. E como serão apenas três apresentações (nos dias 23/08, 30/08 e 06/09, sempre às 16 horas) a dica para papais e mamães é adquirir os ingressos antecipados que já estão à venda no site Blueticket: http://www.blueticket.com.br/14932/Peter-Pan-O-Musical.



A direção é de Roberto Rezende, que também assina a adaptação do texto baseado no conto do escocês J.M. Barrie. Em cena, Peter Pan (Diego di Medeiros), o menino que não quer crescer, vai até a casa de Wendy (Gianna Souza), a menina que sonha em viver todas as aventuras das histórias que lê nos livros e que conta a seus irmãos João (Gabriel Velasques) e Miguel (Caio Emanuel). Com a ajuda de Sininho (Ananda Scaravelli) , eles partem rumo à Terra do Nunca onde junto com a princesa índia Tigrinha (Andréa Silveira) e os meninos perdidos enfrentam o Capitão Gancho (Rodrigo Rezende) e seus piratas.
Ao todo, 15 atores da Aktoro, UDESC e de Grupos de Teatro locais foram selecionados para compor o elenco das apresentações em solo catarinense. Durante 120 minutos eles representam, cantam e dançam as músicas compostas especialmente para o espetáculo por Cosme Motta (Ídolos).

Serviço:
O quê: Espetáculo “Peter Pan – O Musical”
Gênero: Musical Infantil
Classificação: Livre
Onde: Teatro Pedro Ivo, Rodovia SC 401, Km 5, 4600 - Saco Grande, Florianópolis - SC
Quando: 23 e 30 de agosto e 06 de setembro
Horário: 16:00hs
Ingresso: R$ 50,00 (inteira), R$ 25,00 (meia)

Ficha Técnica:
Direção: Roberto Resende 
Assistente de Direção: Maria Luisa Porath
Produção executiva: Elisa Reis
Produção: Diego Malori
Assessoria de Imprensa: Luccas Angeli e Giovana Rutkoski
Coreografia: Daianny Cristian
Assistência Coreográfica: Diego Di Medeiros
Músicas originais e Direção Musical: Cosme Motta
Assistente de Direção Musical: Gianna Souza

Desenho de Luz: Andrés Tissier
Visagismo: Italo Marco
Cenografia: Rafael de Oliveira
Assistente de cenografia: Gelson e Jair

Elenco: Ananda Scaravelli, Andréa Silveira, Caio Emanuel, Diego di Medeiros, Diego Malori, Gabriel Velasques, Gianna Souza, Giovana Rutkoski, Lara Pasternak, Luccas Angeli, Maria Luisa Porath, Paulo Cézar Gonçalves, Priscilla Couto e Rodrigo Rezende.

Apoio: Aktoro, Full Voice Studios, Teatro Pedro Ivo e Governo do Estado de Santa Catarina.

sexta-feira, 21 de junho de 2013

#Protestomaterno

Diante de tantas manifestações, o Blog Palpites de Mãe se une ao movimento Protesto Materno para reivindicar por um país melhor para os nossos bebês. Quem tem filho pequeno sabe como às vezes é difícil conseguir sair às ruas para fazer o que quer que seja, quanto mais para se manifestar. Mas se não podemos nor unir fisicamente neste momento aos milhares de brasileiros que têm protestado nos últimos dias, queremos dar nossa contribuição virtual.
É claro que não é por R$ 0,20!!! Nosso grito de protesto é um grito de BASTA, CHEGA! Chega de corrupção; de aumentos e cobranças abusivas; de desvio de verbas públicas; de leis e projetos de lei infames como a PEC 37, que quer retirar do Ministério Público o poder de fazer investigações criminais... Os brasileiros estão cansados de serem enganados e governados por quem só está no poder em benefício próprio.
O mais incrível é que agora podemos perceber que todos nós estávamos cultivando o mesmo sentimento, de revolta e indignação com a roubalheira e com o descaso público, e não é de hoje. Mas parece que estava faltando uma força maior que nos unisse e nos levasse a tomar uma atitude. Talvez estivéssemos mesmo, a bem da verdade, acomodados; quase "doutrinados" com a ideia de que o Brasil não tinha jeito ou, melhor, tinha apenas o tal "jeitinho brasileiro", termo que nos remete à "maracutaia", "gambiarra", "falcatrua", e por aí vai... Mas eis que veio a "gota d'água", extrapolaram a paciência do brasileiro, visto sempre como um povo amistoso, sorridente, e que só se preocupava com carnaval e futebol. E o que importa é que impulsionados por essa "gota" que transbordou o copo, os brasileiros resolveram virar a mesa, "chutar o balde", como se diz, e exigir os seus direitos.
Protesto que já começa a surtir efeitos com o recuo no aumento da tarifa do ônibus em alguns estados e com a tomada de consciência das autoridades que já perceberam que o povo quer mudanças na forma como o país é administrado, e prá ontem! Sim, o "gigante acordou" e nada mais será como antes. É emocionante perceber essa reviravolta, perceber que os brasileiros querem sim melhorar a sua Pátria Amada.
O quê, no entanto, me entristece, são os atos de vandalismo e excessos que têm ocorrido. Violência e depredação não devem fazer parte deste movimento. Nossa luta deve ser pacífica para que realmente possa surtir o efeito desejado. Violência só gera mais violência, e este, definitivamente, não é o caminho!!!

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Retomada para Protesto!!!

Olá, famílias! Ainda estamos em processo de reformulação do Palpites de Mãe, mas diante de todas as manifestações que estão ocorrendo pelo país, não poderíamos ficar de fora. Por isso, nessa sexta-feira (21), vamos nos juntar a outras mães blogueiras no protesto virtual em apoio aos protestos. A seguir, compartilho o texto de Camila Lafratta, publicado no site Bebe.com.br:

Protesto Materno: mães demonstram apoio na web a manifestações

Por Camila Lafratta
 
Nessa sexta-feira (21), às 10h, mais de 160 mães blogueiras participarão de um protesto virtual em apoio às manifestações que vêm tomando todo o país. Além de postarem em seus blogs suas opiniões e ideias a respeito da movimentação nas ruas, também será realizado um “twittaço” para todos que desejarem participar, sob a hashtag #protestomaterno (que já está circulando por aí para divulgar o evento, com centenas de mães conectadas envolvidas).
O Protesto Materno surgiu da vontade dessas mães que querem participar de alguma forma, mas não podem ou não se sentem confortáveis em ir às ruas por causa de seus pequenos. A ideia começou com a jornalista Beatriz Zogaib, autora do blog Mãe da Cabeça aos Pés, mas ela faz questão de afirmar que não há nenhuma espécie de liderança ou autoridade: “O movimento é coletivo. Eu só levantei a questão num grupo (do Facebook) e a ideia foi abraçada. Eu estava me sentindo impotente e muitas outras mães também”, explica ela. Foi o estopim para que a mobilização ocorresse.

 

“Quisemos fazer algo que todas poderiam abraçar”, diz Beatriz. “A gente fica com receio de sair na rua, mas temos essa vontade de participar de alguma maneira da luta por um lugar melhor para nossos filhos. Estamos tentando fazer a nossa parte”.
Algumas outras blogueiras que participam do protesto são Loreta Berezutchi (Bagagem de Mãe), Luisa Aranha (Mamãe Neura), Renata Montenegro (Mulher Vitrola), Cris Guimarães (Eu, Eu Mesma e a Outra) e Viviane Pereira (Mãe Digital).
Para saber mais informações, confira a fan page do evento.

(link do texto: http://bebe.abril.com.br/blogs/ultimas-do-bebe/2013/06/20/protesto-materno-maes-demonstram-apoio-na-web-a-manifestacoes/)

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Parada estratégica


Passado o dia das mães é certo que as mamães se sentem renovadas em sua missão de doação total aos filhos. Podemos estar cansadas e gripadas, como é o meu caso, mas nos sentimos com mais garra para fazer de tudo e mais um pouco por nossos bebês. E por quê? Porque ainda que vivamos na maior
correria e façamos tudo o que fazemos simplesmente porque amamos nosso bebê e porque queremos o melhor para ele, sem esperar mais do que um sorriso como reconhecimento daquela carinha sapeca; é muito bom saber/ou lembrar o quão somos importantes na vida de nossos pequeninos.
E é claro que o dia das mães é o momento perfeito para isso, pois ainda que o bebê não possa falar, pelas ruas há um monte de mensagens parabenizando as mamães; na TV, diversos comerciais carregados de mensagens valorizando o nosso sacrifício diário; e há ainda o maridão que pode presenteá-la em nome do filho; ou mesmo o pequeno pode trazer aquela surpresa da escolinha como estes mimos fofos aqui ao lado que recebi da Raphinha... De um jeito ou de outro, não é o fato de ganhar ou não um presente que importa; coração de mãe é mole e basta um gesto, um “Feliz dia das Mães” que já tá valendo.
A data também é propícia para fazermos um balanço, um momento para uma auto avaliação ou mesmo para aquela analisada no do dia a dia. Será que está tudo bem? Será que estamos fazendo tudo o que poderíamos fazer? Ou será que não estamos fazendo demais, além da nossa capacidade e nos sobrecarregando enquanto algumas tarefas poderiam ser divididas? Ok, nem sempre você tem com quem contar e talvez não haja um companheiro ou uma avó para dividir as demandas, mas quem sabe uma alteração no horário ou uma adaptação aqui e ali não seja o suficiente para tornar tudo mais fácil?! Afinal, não dá para bancar a super mulher, ou a super mãe (se preferir) o tempo todo.
Bom, pelo menos é o que eu estou fazendo e convido você a fazer o mesmo. Às vezes estamos tão na loucura do corre-corre diário que não paramos para ver o que está e o que não está funcionando, o que pode e o que precisa ser melhorado. E nesse ritmo, o Palpites de Mãe também aproveita o momento para fazer aquela “parada estratégica”. Não, não é o fim do blog, pelo menos não é o que queremos. Nos próximos dias continuaremos a atender e a responder às dúvidas dos papais e mamães que enviarem mensagens para nossa página no Facebook; mas a idéia é fazer uma pausa nas postagens nos próximos dias para uma repaginada geral, tanto no design gráfico como no formato. Estamos iniciando novas parcerias, encerrando outras, e ainda não podemos dar detalhes; mas prometemos surpresas quando retornarmos...
Ah, nesse período, críticas e sugestões também serão muito bem vindas; tanto nos comentários aqui no blog como na fan page. Fiquem à vontade, viu? Esperamos surpreender a todos... então, até lá!!!

Arquivo do blog